domingo, 8 de setembro de 2013

A dificuldade de arranjar um emprego:


Muitas pessoas passam por um drama semelhante nos dias de hoje o do desemprego, no entanto a frustração maior é a de procurar em vários lugares uma nova oportunidade de trabalho no mercado e não conseguir, este insucesso gera muitas vezes o sentimento da impotência o que desestimula a continuidade desta procura tortuosa.
Acordar mais um dia e vislumbrar uma nova oportunidade que pode ser afogada pela falta de oportunidade, pela entrega constante e incansável de currículos, o árduo suor, tempo e sobretudo nas intermináveis entrevistas que mais parecem um manual de perguntas repetidas onde há a exposição do entrevistado é o principal assunto e no final vislumbrar que nada deu certo gera na pessoa a percepção de incapacidade de tentar e não conseguir. Nesta hora o cérebro nutre os mais perversos sentimentos. O gosto do fracasso é o pior gosto para sentir.
Vários fatores contribuem para este cenário indesejável, é preciso analisar e entender que se há tanto insucesso na pretensão de trabalhar é porque algo esta errado.
Analisemos então alguns pontos que são passíveis de entendimento.

Estar um passo a frente - Hoje no mercado de trabalho, e venho falando com insistência nisto, muitas pessoas são comuns, há um contingente muito grande de pessoas que pensam e agem do mesmo jeito, assim muitos concorrem entre si de uma forma igualitária, é necessário ter um algo a mais, é preciso estar um passo a frente deste contingente normal, é necessário pensar além.
Qualificação como diferencial – Sempre é lembrado por mim esta situação. A qualificação, o grau de estudo de conhecimento, cultura é o principal diferencial.  Estar qualificado é estar preparado tecnicamente para o exercício de uma função, a qualificação se da através dos cursos especializados, técnicos, de bacharelado entre outros. Assim é preciso entender que sem o estudo, sem uma qualificação no mercado de trabalho fica difícil uma vaga.
Ser Proativo – Esta característica em uma pessoa é um grande diferencial também, esta palavra é sobretudo um sinônimo de atitude, iniciativa. Muitos que procuram emprego esperam que os outros ajam dentro de uma empresa, na verdade pessoas de atitude tem mais facilidade em lidar com situações difíceis na empresa, trabalham muito bem sobre pressão e conseguem cumprir as metas com mais facilidades, pessoas sem atitude ficam a margem.
Inovar nas respostas das entrevistas – O momento da entrevista é um momento em que o entrevistador esta testando suas qualidades, capacidade de raciocínio, proatividade e também se seu perfil se enquadra nas necessidades da empresa. Muitos consultores em administração prescrevem formas feitas de respostas para as entrevistas, assim sabedor desta sistemática o entrevistador cria armadilhas para que justamente estas respostas decoradas sejam descobertas. Assim em primeiro você deve conhecer o perfil pretendido para a empresa estudar este perfil e também começar a se conhecer, entender suas limitações defeitos, qualidades, se sobre pressão você age de uma forma lúcida. Nunca produza respostas feitas, muitos que procuram emprego ficam nesta fase, é porque as respostas ditas na entrevista não condizem com as expectativas da mesma.
Muitas outras características devem ser observadas, mais estas já conduzem a um grande começo, então seja feliz, nunca ninguém disse a você para não ser, corra, batalhe sempre, nunca desista. Seja um vencedor, mesmo que em muitos casos ache que nunca chegara, não importa, acredite que ira chegar sim um dia, acredite, acredite sempre. Você é aquilo em que acredita.
 Matéria publicada no Jornal O Debate- São Manuel


Nenhum comentário:

Postar um comentário

ORÇAMENTO DOMESTICO, POR QUE AS CONTAS NÃO BATEM?

Muitos se questionam por que o salário recebido no começo de mês não dá para pagar as contas? As dívidas são, em muitos dos casos, mai...