quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Comércio, como manter as contas em dia?


             
Várias pessoas quando montam um negócio têm a felicidade e a satisfação de gerenciar algo próprio. No entanto ao montar sua empresa esta vem atrelada a um pacote de obrigações que muitos não associam a seu estabelecimento. Entre muitas obrigações uma a ser destacada e comentada é o pagamento de contas, certamente esta modalidade de obrigação é mais complexa do que se pensa vez que o estabelecimento depende da entrada de recursos financeiros através da venda de produtos ou serviços para equacionar seus pagamentos.
Muitos donos de pequenos negócios enxergam a organização das finanças de modo primitivo ou amador o que é serio pois a vida de um estabelecimento depende do cumprimento das obrigações, pagamento de fornecedores e também de um capital de giro de estoque e mercadoria.
Assim o controle no pagamento das contas é de suma importância e esta no mesmo patamar das vendas e ainda, tal controle, permite fazer uma minuciosa interpretação se o dinheiro que entra através das vendas é o suficiente para honrar os compromissos, pode-se analisar ainda se as tais são suficientes se o preço é adequado para aquela circunstancia também qual o valor que se pode dar em desconto de liquidação, se o produto vende bem ou não. Varias situações pode-se enxergar na saúde do negocio quando se tem uma organização financeira eficiente.
Ligue a luz de alerta quando você estiver tirando dinheiro de cheque especial ou outro financiamento para manter seu estabelecimento, financiamentos somente para investimento e crescimento. Quando se empresta dinheiro para cobrir as dividas é necessário parar e ver onde esta o erro. Na maioria das vezes o erro é do proprietário que utiliza o dinheiro do caixa da empresa. Nunca confunda suas despesas pessoais com as da empresa e não defina um salário para si você é empresário então vive da lucratividade de sua empresa, defina uma porcentagem de lucratividade, assim se sua empresa ganha mais você é beneficiado.
Como o comercio depende e muito do fluxo de clientes é necessário observar se seu ramo de negócios atende as expectativas dos desejos e necessidades do consumidor caso isso não esteja acontecendo é necessário mudar gradativamente ou criar mais opções de produtos mais diversidade de produtos atraem clientes diversos. 
Assim por menor que seja o empreendimento você precisa conhecer os números de seu negocio, como faturamento, lucratividade e sobretudo despesas. Saber o quanto se gasta é necessário, despesas como empregados, contador, serviços de água, luz, telefone, impostos, aluguel e capital de sobra que pode ser de giro. Ter o controle da situação é importante e também se organizar para poder crescer é importante, muito difícil é crescer sem organização.
Observe sempre suas contas, pois seu estabelecimento como pessoa jurídica não só oferece lucratividade mais também vem com um pacote de despesas atreladas. Tenha muita atenção neste quesito, pois se as contas não fecham, não batem, se você não consegue honrar os compromissos mínimos de funcionamento do estabelecimento o mesmo pode então esta lhe dando prejuízo.
Controle é tudo na somatória de sucesso de um empreendimento.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nós não precisamos só aprender com os erros:

       Vejo o discurso de muitos que erram nas rotinas de suas atividades e se manifestam dizendo que aprendeu com o erro. Logicamente ...