sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Erros com o chefe podem comprometer seu emprego.




As relações humanas são relações de socialização e vivencia em conjunto. A cada ambiente estas relações se moldam conforme a formalização e necessidade assim, nos tornamos engrenagens de uma sociedade.
Muitas pessoas têm dificuldades em assimilar que no ambiente de trabalho estas relações devem ser claras objetivas e honestas. Empregados precisam entender a relação de hierarquia existente no ambiente de trabalho e não atropelar tais com situações constrangedoras e de vantagens é uma questão de cultura e educação ética das empresas, no entanto, em um ambiente competitivo algumas regras são quebradas pelos empregados como a de desobedecer a uma ordem direta para a execução de alguma tarefa. Situações que vão desgastando a relação entre patrão, chefe e empregado.
Nas relações de trabalho como qualquer outra relação é necessária em muito o resgate, parcimônia e compreensão entre empregado e empregador para que não haja um desgaste excessivo de relação e tenho notado que muitos erros são cometidos pelos empregados. A cartilha de boa conduta ou etiqueta ao trabalho deve ser reeditada e ensinada novamente para muitos funcionários que excedem seus limites na execução de suas tarefas.
No rol das más condutas que os empregadores e chefes descrevem algumas são textualmente declaradas como as mais praticadas. Erros que um empregado deve ter atenção para não cometê-los a principio para não comprometer o próprio emprego e posterior para almejar uma promoção de cargo.
Esquecer dos limites é um erro que muitos cometem, invadem a privacidade áreas que não lhe dizem respeito, fazem comentários sobre a função alheia sem observar a própria função. Tentam de forma equivocada manter uma relação de intimidade com o chefe, patrocinam brincadeiras no ambiente laboral. É preciso entender que há limites no relacionamento com o chefe que não deve ser ultrapassado, não confunda simpatia e um sorriso com o sinal verde para a invasão.
Afrontar as ordens do chefe é outro equivoco bem comum e característico de pessoas que não assimilam a hierarquia, geralmente são pessoas prepotentes e arrogantes e entendem que sabem mais que o próprio chefe. É característico desta atitude pessoas que trabalham muitos anos na empresa e por trabalhar e conhecer muito desta entendem que deveriam ocupar o cargo do chefe o que é um engano, pois exercer o cargo de chefia vai alem do conhecimento técnico, outras habilidades são exigidas tais já foram comentadas na edição passada.
Achar que é insubstituível é outro engano que alguns empregados cometem ninguém é insubstituível por mais que se detenha o conhecimento de algo sempre terá alguém que exercer a função.
Faltar ao emprego sem justificativa, esta atitude vai demonstrando a falta de comprometimento e desinteresse do empregado no exercício da atividade. Empresas desejam colaboradores eficientes e comprometidos, se não for assim o empregado não serve para o trabalho.
O erro dentre todos repudiado pelos chefes é o da mentira, empregados que mentem são aqueles mais visados porque demonstram uma falta de confiabilidade, e nas relações de trabalho confiança é fundamental. Quando este laço de confiança se quebra naturalmente estilhaça todos os lastros do desenvolvimento da função.

Empregados devem sempre estar atentos, pois a rotina de trabalho e a convivência torna muitas vezes imperceptíveis atitudes inconvenientes. É necessário sempre se policiar se controlar. 

Erros comuns no exercício da chefia.



O exercício de algum cargo de comando requer habilidade, empresas que nomeiam seus lideres para trabalharem na chefia em muito analisam somente a condição técnica, esta também é importante, no entanto é preciso observar que somente a condição técnica não habilita o colaborador para ser um comandante é necessário muito mais. Desta maneira lideres em pleno exercício de suas atividades cometem erros que colocam a prova a própria capacidade e também desestimulam os liderados a conseqüência desta desastrosa gestão é sobretudo, o declínio na produtividade.
O requisito mínimo na atuação do cargo de chefia requer preparo nas habilidades básicas gerenciais que são habilidades interpessoais esta é a forma de tratamento e estimulo aos comandados, o respeito à dignidade dos colaboradores e a facilidade em trabalhar com conflitos, habilidades conceituais que é o exercício do conhecimento e discernimento trabalhando com inteligência e bom senso, habilidades técnicas é o conhecimento das atividades da empresa e também do cargo de gerencia e habilidades políticas onde pode melhorar o desempenho na atração de recursos de investimento na equipe e no setor.
Os erros comuns cometidos por muitos gerentes afetando o desempenho de produtividade, confiança e respeito entre chefes e comandados são vários e tais criam barreiras na comunicação entre estes lados. 
Não defender sua equipe em situações de crise, este é um erro comum vez que se a equipe não cumpre com as metas pré estabelecidas é alvo de severas cobranças. O chefe ao invés de analisar porque o processo esta falhando e tentar sanar o problema seja alocando funcionários para uma área de melhor produtividade, os treinado de forma adequado somente faz ameaças, muitas vezes o problema da falta de cumprimento de normas ou metas não é dos comandados e sim do comandante. É preciso ter a visão se a equipe tem medo ou respeito pelo chefe, o respeito é importante pois o empregado cria um laço de comprometimento no trabalho e este quesito é importante. O medo não é sinal de respeito e sim a crença que o colaborador pode sofrer sanções. Analisar se a equipe esta com o líder ou não. O bom chefe defende seus comandados e depois tenta solucionar o problema, a equipe precisa na verdade de tranqüilidade para o exercício das atividades e uma chefia conturbada não traduz esta paz necessária.
Ainda devemos colocar que muitos comandantes quando do sucesso da equipe utiliza palavras como “eu”, “a minha equipe”, “meus funcionários”, erro grande pois a equipe não é do chefe e sim trabalha com o chefe, é um time só. Na verdade todos são da empresa, o chefe e sua equipe desempenham suas funções para a empresa. Muitos lideres são individualistas neste quesito declinado o sucesso do trabalho a sua vitoria pessoal o que não é verdade vez que no sucesso da vitoria todos tem seu papel e o reconhecimento ao esforço da coletividade na vitoria é primordial.
O chefe ainda deve se expressar corretamente, não ser dúbio nas informações, a informação bem transmitida é sinônimo de sucesso, o empregado espera do seu líder as orientações precisas e necessárias para o desempenho da função. Também o líder tem que saber fazer elogios, elevar à auto estima do funcionário e chamar a atenção de forma adequado quando necessário sem ofensas pessoais, deve ser técnico mostrar onde o erro aconteceu. O chefe deve assumir responsabilidades e saber delegar funções e mostrar confiança.
O exercício de um cargo de comando não é algo simples, embora seja da natureza humana gostar de comandar, liderar algo, é necessário entender que há uma diferença grande entre saber desenvolver a função e exercer o cargo para comandar pessoas a desenvolverem mesma função. É outro patamar, empresas devem analisar e muito a qualidade de seus eleitos a serem lideres pois uma liderança má executada afeta e muito a saúde dos funcionários.

Grandes lideres são homens que tem a visão e habilidades desenvolvidas para o comando e conseguem traduzir aos seus comandados o respeito trazendo-os juntos. O exercício do cargo de chefia é um crescimento continuo não só no conhecimento mas também na alma. Lideres crescem e se desenvolvem dia a dia em busca da melhora pessoal e profissional.     

Como superar as expectativas profissionais em 2014?



O ano se foi e com o novo ano que chega fazemos as promessas, declinamos desejos e em muito fantasiamos aquilo que queremos, no entanto sabe-se que é difícil de alcançar um sonho. Um regime, parar de fumar, melhorar o salário, um novo emprego. Enfim desejos que nesta época do ano afloram na alma de todas as pessoas. Infelizmente o desejo de muitos esbarra somente na promessa frente o desafio que se tem, no entanto me questiono porque as pessoas depositam tantas expectativas, muitas infundadas outras com certa coerência mais não as cumprem?
É certo que o começo de um ano torne as pessoas mais reflexivas, pensativas, literalmente estas fecham para balanço sobre o desempenho do período anterior é importante que isto ocorra que todos tenham este discernimento sobre os acertos e erros do que fizeram anteriormente. Profissionalmente precisamos também raciocinar sobre as realizações e frustrações passadas isto move o mercado nas novas expectativas e metas. Expectativa é uma condição, um desejo intenso de mudança de algo melhor, no entanto para a realização do mesmo é necessário que tal seja plausível, com meta definida e possível de alcançar, se não for assim é um desejo morto.
Para iniciar um ano com uma nova perspectiva de mudança profissional é necessário que se tenha disciplina e também metas definidas, ou seja, o que se pretende mudar? O prazo para que esta mudança ocorra? E o mais importante como atingir o objetivo proposto? São questionamentos importantes para que haja um planejamento de mudança. Muitos profissionais se perdem nos desejos desanimam na conclusão das perspectivas por não pautarem como fazer para atingir o objetivo proposto, desta forma desmotivam-se.
O bom profissional que enxerga perspectivas terá sempre a mudança como desafio, não tem medo nem receio de buscar novos horizontes não se acomoda atrás de sua cadeira é um investidor de sonhos que colhe realizações desta maneira que a vida tem que fluir com realizações pela boa conquista. Este é o perfil do vencedor, o mercado de trabalho é dinâmico e exigente aos acomodados não resta nada, pois se escoram em possibilidades já alcançadas, desejos já resolvidos.
Antes de encantar os outros com o profissionalismo o bom profissional se encanta todos os dias pelos caminhos que deseja alcançar. A vida é proposta de desafios e desafiadores com pessoas que tem em seu bojo o espírito competitivo. Em dois mil e quatorze comece a ter foco para melhorar sempre, entenda que as possibilidades e oportunidades existem, no entanto para alcançá-las é preciso foco, determinação o caminho por vezes pode apresentar vários obstáculos mais estes são somente parte da paisagem, pois superá-los dia a dia é que faz a conquista ser valorizada.
Valorize sempre sua trajetória de vida profissional, se instrua, planeje e tenha em mente sempre o crescimento profissional e financeiro, não se contente com o obvio, seja mais que isto. Seja um profissional vencedor e para chegar a um objetivo, tenha disciplina do aprendizado à sabedoria dos vencedores, trabalhe com a inteligência sempre.

Grandes homens passam por grandes conquistas, não se apequenam a margem dos problemas, pois estes se tornam um nada para aquele que é predestinado a vencer. Torne-se um predestinado a vencer também. Feliz dois mil e quatorze.


Promessas de inicio de ano porque não as cumprimos.

Chega o começo e ano e com ele milhares de promessas que nos cercam, parar de fumar, emagrecer, parar de beber e muito mais. Na verdade, c...