sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Erros com o chefe podem comprometer seu emprego.




As relações humanas são relações de socialização e vivencia em conjunto. A cada ambiente estas relações se moldam conforme a formalização e necessidade assim, nos tornamos engrenagens de uma sociedade.
Muitas pessoas têm dificuldades em assimilar que no ambiente de trabalho estas relações devem ser claras objetivas e honestas. Empregados precisam entender a relação de hierarquia existente no ambiente de trabalho e não atropelar tais com situações constrangedoras e de vantagens é uma questão de cultura e educação ética das empresas, no entanto, em um ambiente competitivo algumas regras são quebradas pelos empregados como a de desobedecer a uma ordem direta para a execução de alguma tarefa. Situações que vão desgastando a relação entre patrão, chefe e empregado.
Nas relações de trabalho como qualquer outra relação é necessária em muito o resgate, parcimônia e compreensão entre empregado e empregador para que não haja um desgaste excessivo de relação e tenho notado que muitos erros são cometidos pelos empregados. A cartilha de boa conduta ou etiqueta ao trabalho deve ser reeditada e ensinada novamente para muitos funcionários que excedem seus limites na execução de suas tarefas.
No rol das más condutas que os empregadores e chefes descrevem algumas são textualmente declaradas como as mais praticadas. Erros que um empregado deve ter atenção para não cometê-los a principio para não comprometer o próprio emprego e posterior para almejar uma promoção de cargo.
Esquecer dos limites é um erro que muitos cometem, invadem a privacidade áreas que não lhe dizem respeito, fazem comentários sobre a função alheia sem observar a própria função. Tentam de forma equivocada manter uma relação de intimidade com o chefe, patrocinam brincadeiras no ambiente laboral. É preciso entender que há limites no relacionamento com o chefe que não deve ser ultrapassado, não confunda simpatia e um sorriso com o sinal verde para a invasão.
Afrontar as ordens do chefe é outro equivoco bem comum e característico de pessoas que não assimilam a hierarquia, geralmente são pessoas prepotentes e arrogantes e entendem que sabem mais que o próprio chefe. É característico desta atitude pessoas que trabalham muitos anos na empresa e por trabalhar e conhecer muito desta entendem que deveriam ocupar o cargo do chefe o que é um engano, pois exercer o cargo de chefia vai alem do conhecimento técnico, outras habilidades são exigidas tais já foram comentadas na edição passada.
Achar que é insubstituível é outro engano que alguns empregados cometem ninguém é insubstituível por mais que se detenha o conhecimento de algo sempre terá alguém que exercer a função.
Faltar ao emprego sem justificativa, esta atitude vai demonstrando a falta de comprometimento e desinteresse do empregado no exercício da atividade. Empresas desejam colaboradores eficientes e comprometidos, se não for assim o empregado não serve para o trabalho.
O erro dentre todos repudiado pelos chefes é o da mentira, empregados que mentem são aqueles mais visados porque demonstram uma falta de confiabilidade, e nas relações de trabalho confiança é fundamental. Quando este laço de confiança se quebra naturalmente estilhaça todos os lastros do desenvolvimento da função.

Empregados devem sempre estar atentos, pois a rotina de trabalho e a convivência torna muitas vezes imperceptíveis atitudes inconvenientes. É necessário sempre se policiar se controlar. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ORÇAMENTO DOMESTICO, POR QUE AS CONTAS NÃO BATEM?

Muitos se questionam por que o salário recebido no começo de mês não dá para pagar as contas? As dívidas são, em muitos dos casos, mai...