sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Erros comuns no exercício da chefia.



O exercício de algum cargo de comando requer habilidade, empresas que nomeiam seus lideres para trabalharem na chefia em muito analisam somente a condição técnica, esta também é importante, no entanto é preciso observar que somente a condição técnica não habilita o colaborador para ser um comandante é necessário muito mais. Desta maneira lideres em pleno exercício de suas atividades cometem erros que colocam a prova a própria capacidade e também desestimulam os liderados a conseqüência desta desastrosa gestão é sobretudo, o declínio na produtividade.
O requisito mínimo na atuação do cargo de chefia requer preparo nas habilidades básicas gerenciais que são habilidades interpessoais esta é a forma de tratamento e estimulo aos comandados, o respeito à dignidade dos colaboradores e a facilidade em trabalhar com conflitos, habilidades conceituais que é o exercício do conhecimento e discernimento trabalhando com inteligência e bom senso, habilidades técnicas é o conhecimento das atividades da empresa e também do cargo de gerencia e habilidades políticas onde pode melhorar o desempenho na atração de recursos de investimento na equipe e no setor.
Os erros comuns cometidos por muitos gerentes afetando o desempenho de produtividade, confiança e respeito entre chefes e comandados são vários e tais criam barreiras na comunicação entre estes lados. 
Não defender sua equipe em situações de crise, este é um erro comum vez que se a equipe não cumpre com as metas pré estabelecidas é alvo de severas cobranças. O chefe ao invés de analisar porque o processo esta falhando e tentar sanar o problema seja alocando funcionários para uma área de melhor produtividade, os treinado de forma adequado somente faz ameaças, muitas vezes o problema da falta de cumprimento de normas ou metas não é dos comandados e sim do comandante. É preciso ter a visão se a equipe tem medo ou respeito pelo chefe, o respeito é importante pois o empregado cria um laço de comprometimento no trabalho e este quesito é importante. O medo não é sinal de respeito e sim a crença que o colaborador pode sofrer sanções. Analisar se a equipe esta com o líder ou não. O bom chefe defende seus comandados e depois tenta solucionar o problema, a equipe precisa na verdade de tranqüilidade para o exercício das atividades e uma chefia conturbada não traduz esta paz necessária.
Ainda devemos colocar que muitos comandantes quando do sucesso da equipe utiliza palavras como “eu”, “a minha equipe”, “meus funcionários”, erro grande pois a equipe não é do chefe e sim trabalha com o chefe, é um time só. Na verdade todos são da empresa, o chefe e sua equipe desempenham suas funções para a empresa. Muitos lideres são individualistas neste quesito declinado o sucesso do trabalho a sua vitoria pessoal o que não é verdade vez que no sucesso da vitoria todos tem seu papel e o reconhecimento ao esforço da coletividade na vitoria é primordial.
O chefe ainda deve se expressar corretamente, não ser dúbio nas informações, a informação bem transmitida é sinônimo de sucesso, o empregado espera do seu líder as orientações precisas e necessárias para o desempenho da função. Também o líder tem que saber fazer elogios, elevar à auto estima do funcionário e chamar a atenção de forma adequado quando necessário sem ofensas pessoais, deve ser técnico mostrar onde o erro aconteceu. O chefe deve assumir responsabilidades e saber delegar funções e mostrar confiança.
O exercício de um cargo de comando não é algo simples, embora seja da natureza humana gostar de comandar, liderar algo, é necessário entender que há uma diferença grande entre saber desenvolver a função e exercer o cargo para comandar pessoas a desenvolverem mesma função. É outro patamar, empresas devem analisar e muito a qualidade de seus eleitos a serem lideres pois uma liderança má executada afeta e muito a saúde dos funcionários.

Grandes lideres são homens que tem a visão e habilidades desenvolvidas para o comando e conseguem traduzir aos seus comandados o respeito trazendo-os juntos. O exercício do cargo de chefia é um crescimento continuo não só no conhecimento mas também na alma. Lideres crescem e se desenvolvem dia a dia em busca da melhora pessoal e profissional.     

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ORÇAMENTO DOMESTICO, POR QUE AS CONTAS NÃO BATEM?

Muitos se questionam por que o salário recebido no começo de mês não dá para pagar as contas? As dívidas são, em muitos dos casos, mai...