segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Qual é o seu diferencial?


Em uma sociedade conturbada é normal que os problemas surjam, na verdade sempre os teremos, o importante e cabe ressaltas a forma que são resolvidos. É necessário criar mecanismos para que tais sejam encarados de forma a serem solucionados não se pode ficar lamentando o fato de ter problemas e somente isto, tal conduta é efetivada por muitas pessoas. Esta situação se exprime também na colocação no mercado de trabalho. Um grande contingente de pessoas encontram dificuldades em arranjar trabalho, no entanto as vagas existem e aos montes e porque isto acontece?
Pessoas precisando trabalhar e vagas a serem preenchidas que não se completam, este antagonismo de situações acontece todos os dias é uma rotina extremamente normal. O que o candidato a uma vaga de trabalho precisa entender que é necessário além da boa vontade, de ser pro ativo, ter qualificação, direcionamento e sobretudo um diferencial, algo que realmente encha os olhos de patrão e acabe fugindo da mesmice, note-se que muitos que alcançam o posto de trabalho acabam se acomodando e se tornando mais um nos quadros funcionais de uma empresa. Esta é hora que se tem para se destacar dos outros, estar um passo a frente.  
Lembro-me da história descrita por um consultor que entusiasticamente contou que havia uma senhora que morava só com seus filhos, e foi abandonada pelo marido, e na necessidade que quase se transformou em desespero, na procura de um emprego, surgiu a oportunidade de trabalhar no caixa em uma rede de supermercados para cobrir o período das festas natalinas, portanto temporário. Toda feliz, mas preocupada em se manter, pois após este período estaria dispensada pensou em fazer a diferença. Elaborou uma tática diferenciada, separava algumas frases bonitas e de impacto arranjadas em jornais e revistas, datilografava-as em uma folha e tirava algumas cópias. Recortava-as em tiras e as colocava em seu bolso.
Era um trabalho de paciência. Quando estava trabalhando no caixa do supermercado, separava uma tira de frase e a colocava na sacola de compras dos clientes. Certo dia, e não entendendo o que assistia, o gerente observou que mesmo com outros caixas vazios, as pessoas preferiam ficar em fila somente para passar no caixa da senhora. Após saber a tática da mulher, o gerente ficou surpreso, porém satisfeito. Pediu que esta funcionária fosse contratada em definitivo, sabia que tinha uma pessoa que poderia fazer a diferença em várias situações, e que a senhora estava um passo a frente dos outros.
Isto é que impulsiona a diferenciação dos funcionários e das pessoas, pois nas empresas todos agem de forma comum e normal, pensam do mesmo jeito, tem quase as mesmas soluções para os problemas, no entanto é preciso estar preparado para estar sempre um passo a frente dos outros. A competitividade é grande e por vezes desleal, no entanto vence aquele que se prepara e se sobrepõe.
Na vida e no trabalho muitos se destacam por realmente serem diferenciados altamente desvinculados com o comodismo no desempenho de suas funções estas pessoas conseguem com facilidade superar obstáculos porque os encaram, na verdade a maioria dos trabalhadores só exercem as funções pré estipuladas por entenderem que receber seu salário é o suficiente, não há um esforço em estar um passo a frente, somente ser mais um. Você é mais um ou esta um passo a frente? Tudo dependera de sua conduta, ser comum ou quebrar paradigmas.

O mercado de trabalho esta sedento por pessoas que quebrem paradigmas, que não se acovardam mediante as dificuldades e estão a frente por isso muitas vagas de trabalho ficam em aberto, na verdade estão esperando alguém diferente neste contesto comum do ambiente de trabalho. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nós não precisamos só aprender com os erros:

       Vejo o discurso de muitos que erram nas rotinas de suas atividades e se manifestam dizendo que aprendeu com o erro. Logicamente ...